Explora José Fontinhas, Falecimento 13 e outros!

Explorar tópicos relacionados

Eugénio de Andrade, pseudónimo de José Fontinhas, foi um poeta português. Nascimento: 19 de janeiro de 1923, Fundão Falecimento: 13 de junho de 2005, Porto

Eugénio de Andrade, pseudónimo de José Fontinhas (1923 — Po 2005) foi um poeta português. Entre as dezenas de obras que publicou encontram-se, na poesia: "As palavras interditas" , "Rente ao dizer" (1992), "Ofício da paciência" (1994), "O sal da língua" (1995) ou "Os lugares do lume" (1998). Em prosa, publicou "Os afluentes do silêncio" (1968), ou "À sombra da memória" (1993), além das histórias infantis "História da égua branca" (1977) e "Aquela nuvem e as outras" (1986).

EUGÉNIO DE ANDRADE, poeta, escritor e tradutor. Nasceu em Póvoa de Atalaia (Fundão), Portugal, a 19 de Janeiro de 1923, e faleceu em Porto, Portugal, a 13 de Junho de 2005.

Porque o povo diz verdades, Tremem de medo os tiranos, Pressentindo a derrocada Da grande prisão sem grades Onde há já milhares de anos A razão vive enjaulada. Vem perto o fim do capricho Dessa nobreza postiça, Irmã gémea da preguiça, Mais asquerosa que o lixo. ... António Aleixo, in "Este Livro que Vos Deixo..."

Fernando Pessoa (1888-1935). O maior poeta português desde Camões e uma das vozes mais originais, complexas e inquietas das letras do século XX. Criou umas personagens chamadas heterónimos que trataram de lhe escrever os livros que ele próprio jamais teria escrito: Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Alberto Caeiro. Até morrer, a sua influência apenas se fez sentir num círculo estreito de admiradores, tornado-se depois o mais influente dos poetas portugueses.

Camilo Pessanha (1867 — 1926) foi um poeta português. É considerado o expoente máximo do simbolismo em língua portuguesa, além de antecipador do princípio modernista da fragmentação.

José Saramago (Golegã, Azinhaga, 16 de Novembro de 1922 — Tías, Lanzarote, 18 de Junho de 2010) foi um escritor, argumentista, teatrólogo, ensaísta, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português. Foi galardoado com o Nobel de Literatura de 1998. Também ganhou, em 1995, o Prémio Camões, o mais importante prémio literário da língua portuguesa.

Érico Veríssimo véi de guerra <3

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Search