Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Principal Gira, Maior Repercussão e outros!

de OBVIOUS

o machismo em romances cinematográficos lésbicos: azul é a cor mais quente e flores raras

Azul é a Cor Mais Quente e Flores Raras são filmes, cuja a trama principal gira em torno de romances lésbicos, de maior repercussão ao longo dos últimos anos. Interessante, no entanto, é que apesar de terem sido aclamados pela Mídia e pelo público, em geral, como "lindos romances homossexuais", ambos mostram relacionamentos extremamente machistas…

de AdoroCinema

Assassinos por Natureza

Um filme de Oliver Stone com Woody Harrelson, Juliette Lewis, Robert Downey Jr., Tommy Lee Jones. Mickey Knox (Woody Harrelson) e Mallory Knox (Juliette Lewis) se uniram pelo desejo que um sente pelo outro e por amarem a violência. Eles mataram alg...

de OBVIOUS

o feitiço da lua: uma comédia romântica que vai além do amor ideal

O casal protagonista é desglamourizado e por isso mesmo mais sensual e convincente. Diferentemente dos tipos perfeitinhos que protagonizam os filmes do gênero, o que encanta em Loretta e Ronny é o caráter patético de ambos. A ele falta uma mão e bom senso. A ela sobra bom senso e a atriz e cantora Cher está bem distante de qualquer estereótipo de mocinha protagonista de comédia…

de Guia da Semana

25 Filmes para você se acabar de chorar

De animações infantis a dramas adultos, conheça os filmes mais emocionantes do cinema Mais

de Livrólogos

Veronica Roth – Divergente

Veronica Roth - Divergente

de Guia da Semana

10 Filmes cult para assistir na Netflix

Confira 10 dicas para fugir do automático e colocar em dia seu lado cult

de Designerd

Releituras de cartazes de filmes famosos, por Marko Manev

Releituras de cartazes de filmes famosos, por Marko Manev - O ilustrador freelancer Marko Manev decidiu utilizar seu estilo de arte ao fazer releituras de diversos cartazes, de filmes bem conhecidos como Star Wars, Capitão América, Godzilla, entre outros.

de OBVIOUS

robôs, erros e humanidades no cinema de neill blomkamp

"Neill Blomkamp, a grata revelação sulafricana da indústria cinematográfica, tem uma pegada interessante em seus filmes. Suas produções inserem elementos de falso documentário, com ampla utilização de takes televisivos jornalísticos. Um recurso que tem efeito surpreendente, se considerarmos que o risco de soar canastrão é bem alto."

de OBVIOUS

o amor é uma boa escolha – que tal voltar para casa mais cedo?

O filme "Que horas ela volta?" de Ana Muylaert expõe as contradições da nossa família, da sociedade, nas suas relações de amor, de trabalho e de poder. A família, a célula base que estrutura, produz e reproduz o nosso modo de vida é questionada. No Brasil, onde a casa grande ainda persiste, há, no entanto, uma senzala que está construindo novas formas de ver e redesenhar o mundo. http://obviousmag.org/my_cup_of_tea/2015/10/o-amor-e-uma-boa-escolha-que-tal-voltar-para-casa-mais-cedo.html