Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Felicidade Muitas, Da Felicidade e outros!

A vida e a sonhada tendência ao devaneio e fantasias, utopias da felicidade. Muitas vezes a vida decorre insignificante e vazia de sentido. A aurora do amor é a quadra de devaneios e fantasias, em que a vida do coração principia e exerce sobre nós o seu mágico influxo. E oscilando entre a fantasia e a realidade vamos buscando o que nos convém... E vamos nos perdendo em devaneios tolos, acreditando naquilo que nos faz bem. (Fernanda Souza Watzko)

vida em nossas vidas

- Você já morou só? - Sim. - Onde? - Em algumas histórias de amor. - Zack Magiezi

Quem tem o orgulho maior que o coração, acaba perdendo as melhores experiências da vida: a emoção de perdoar alguém, o sentimento leve de saber recomeçar e o alívio de conseguir conviver com o arrependimento.

Cuide bem de você, não sofra sem necessidade. #cuidar #bem #sofrer #necessidade #caiofernandoabreu

Sim bem mais tarde fui compreender após sofrer desnecessariamente, que fatos que ocorreram em minha vida foram para me desviar de situações as vezes piores. Ou até o que me pesou, depois passado um tempo compreendi que teria que ter sido daquela forma. Agora passado muito tempo vejo tudo com muita clareza e precisão. Mas sim em tudo esteve a mão de Deus (me alertando as vezes que não era daquela forma) e me conduzindo ao que era melhoro destino. Minha vida foi o caminho da magia.

Você é minha luz, meu Amor !!! Você está sempre em meu coração !!! Eu te Amo mais do que a vida, o meu Amor e te Amarei Para Sempre!!!

O riso abre o coração e tranquiliza a alma. Ninguém nunca deveria levar a vida tão à sério, a ponto de se esquecer de ri de si mesmo.

Odiar é também uma forma de amar... O amor está mais perto do ódio do que a gente geralmente supõe. São o verso e o reverso da mesma moeda de paixão. O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença... (Érico Veríssimo) Se julgarmos o amor pela maior parte dos seus efeitos, ele assemelha-se mais ao ódio do que à amizade. (François La Rochefoucauld)

O problema é que as pessoas dizem eu te amo mas esuecem daquele bilhetinho de bom dia, daquela mensagem de boa noite, estou com saudade, esquecem de perguntar se você está bem, assim sabe, só por perguntar mesmo. Esquecem do abraço sem pretexto, do presente fora de época, esquecem de dar atenção nos detalhes e isso, faz com que esse eu te amo perca o valor. Por que o amor não se alimenta de palavras, se alimenta de atitudes. - Pedro Bial