Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora São Cadeirantes, Cenários Cuidados e outros!

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.

Este é daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar. As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção.