Explora Lúpulo Sem, Sem Exagero e outros!

Explorar tópicos relacionados

Mais duas sem copo próprio da Bier Vila. Uma Container Bakerloo a esquerda e uma Itajahy Serena Hibiscus a direita. A primeira, uma EPA, quase escura, leve, carbonatada, cremosa, malte e lúpulo sem exagero, uma ale refrescante, sem pretensões. A segunda, uma trippel temperada, sem aroma, encorpadinha, bem maltada e saborosa, pouco lupulada. Simpática mas nada impressionante.

Mais duas sem copo próprio da Bier Vila. Uma Container Bakerloo a esquerda e uma Itajahy Serena Hibiscus a direita. A primeira, uma EPA, quase escura, leve, carbonatada, cremosa, malte e lúpulo sem exagero, uma ale refrescante, sem pretensões. A segunda, uma trippel temperada, sem aroma, encorpadinha, bem maltada e saborosa, pouco lupulada. Simpática mas nada impressionante.

Finalmente tomei esta Bakerloo de garrafa, já havia tomado duas como chopp. É uma Pale Ale não tão pale, ligeiramente turva, carbonatada, pouco cremosa por causa da temperatura, muito leve, quase uma session, com 4,5°. É carbonatada e refrescante, outra com aroma e sabor de moscatel só que com algo mais, o malte é delicado, é bem lupulada e com um longo retrogosto. Mais uma Container simpática e honesta.

Finalmente tomei esta Bakerloo de garrafa, já havia tomado duas como chopp. É uma Pale Ale não tão pale, ligeiramente turva, carbonatada, pouco cremosa por causa da temperatura, muito leve, quase uma session, com 4,5°. É carbonatada e refrescante, outra com aroma e sabor de moscatel só que com algo mais, o malte é delicado, é bem lupulada e com um longo retrogosto. Mais uma Container simpática e honesta.

Cervejinha séria, mineira estilo belga, strong ale, cor média escura, pouca espuma porém persistente, encorpadinha, carbonatação média, muito aromática, malte forte e saboroso, de ameixa, mel e cevada, um lúpulo simples mas equilibrado. O álcool é perceptível sem comprometer o sabor, bom retrogosto. Sofisticada, merece uma harmonização cuidadosa.

Cervejinha séria, mineira estilo belga, strong ale, cor média escura, pouca espuma porém persistente, encorpadinha, carbonatação média, muito aromática, malte forte e saboroso, de ameixa, mel e cevada, um lúpulo simples mas equilibrado. O álcool é perceptível sem comprometer o sabor, bom retrogosto. Sofisticada, merece uma harmonização cuidadosa.

Uma Ale âmbar, bem tostada mas com um amargor que começa bem e acaba mixuruca.

Uma Ale âmbar, bem tostada mas com um amargor que começa bem e acaba mixuruca.

Pale ale, essa sim, muito bem construída, o melhor chopp do boteco da Bierland, vou tomar uma de garrafa pra conferir.

Pale ale, essa sim, muito bem construída, o melhor chopp do boteco da Bierland, vou tomar uma de garrafa pra conferir.

Diz na embalagem: estilo belga, não deveria, pale ale é um estilo inglês. No entanto, tem um quê de abadia e cravo no sabor. No mais, bronzeada, cremosa, translúcida, levemente aromática,  carbonatação média, pouco lúpulo, retrogosto curto. Se não exigir demais, é agradável e desce bem.

Diz na embalagem: estilo belga, não deveria, pale ale é um estilo inglês. No entanto, tem um quê de abadia e cravo no sabor. No mais, bronzeada, cremosa, translúcida, levemente aromática, carbonatação média, pouco lúpulo, retrogosto curto. Se não exigir demais, é agradável e desce bem.

Depois de trocentas Original, é dificil lembrar dos detalhes, mas trata-se de uma Pale Ale, chilena com um quê de belga, aromática, lupulada, bem agradável. Exclusividade do Rafa do morro.

Depois de trocentas Original, é dificil lembrar dos detalhes, mas trata-se de uma Pale Ale, chilena com um quê de belga, aromática, lupulada, bem agradável. Exclusividade do Rafa do morro.

A terceira e última da Container (em breve haverão mais duas). Eles chamam de "pale ale" mas eu acho muito escura, pouco "pale". Mais encorpada, tostada, com um toque claro de café. Aprovada.

A terceira e última da Container (em breve haverão mais duas). Eles chamam de "pale ale" mas eu acho muito escura, pouco "pale". Mais encorpada, tostada, com um toque claro de café. Aprovada.

Diz o rótulo "Tropical Ale", nunca ouvi falar mas vamos à análise sensorial. Cor média, corpo leve, espuma efêmera, um suave aroma de buffet de churrascaria, um malte fraquinho, nem lembro de que mas até um pouco salgado, um amargor meio palha e um retrogosto médio. Ou seja, bem mixuruca e de Ale não tem nada.

Diz o rótulo "Tropical Ale", nunca ouvi falar mas vamos à análise sensorial. Cor média, corpo leve, espuma efêmera, um suave aroma de buffet de churrascaria, um malte fraquinho, nem lembro de que mas até um pouco salgado, um amargor meio palha e um retrogosto médio. Ou seja, bem mixuruca e de Ale não tem nada.

Eu sempre desconfio de cervejas brasileiras oportunistas, mesmo Eisenbahns, mas esta me surpreendeu. Nada de mais mas é uma puro malte, claro, tem uma cor bonita, uma bela espuma, uma textura agradável, um malte delicado e um lúpulo compatível. Não ia querer envergonhar a festa na própria casa.

Eu sempre desconfio de cervejas brasileiras oportunistas, mesmo Eisenbahns, mas esta me surpreendeu. Nada de mais mas é uma puro malte, claro, tem uma cor bonita, uma bela espuma, uma textura agradável, um malte delicado e um lúpulo compatível. Não ia querer envergonhar a festa na própria casa.

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Search