Explora Composições Repletas, Locais Isolados e outros!

Explorar tópicos relacionados

A beleza de um tempo que não se vivei. David Ayer fotografa com uma câmera Mamiya RZ e se especializou na arte da dupla exposição com foco em belezas naturais fundidas. É comum ver nas imagens mulheres em locais isolados rodeadas de paisagens estonteantes. As imagens passam sensação de nostalgia com composições repletas de cores, (...)

A beleza de um tempo que não se vivei. David Ayer fotografa com uma câmera Mamiya RZ e se especializou na arte da dupla exposição com foco em belezas naturais fundidas. É comum ver nas imagens mulheres em locais isolados rodeadas de paisagens estonteantes. As imagens passam sensação de nostalgia com composições repletas de cores, (...)

Davis Ayer- Photograph

Davis Ayer- Photograph

Florian Imgrund fotografia analógica dupla exposição pessoas e natureza

Florian Imgrund fotografia analógica dupla exposição pessoas e natureza

Best-Double-Exposure-Photography-Examples-2015-21

Best-Double-Exposure-Photography-Examples-2015-21

this is symphony.

this is symphony.

Davis Ayer- Photograph

Davis Ayer- Photograph

"If we want to be loved, we are looking for a support system. If we want to love, we are looking for spiritual growth." ~Ayya Khema ..*

"If we want to be loved, we are looking for a support system. If we want to love, we are looking for spiritual growth." ~Ayya Khema ..*

Fellow Pinner:  Whisper  loooove the colors and the lightness of the figure to match the airiness of nature

Fellow Pinner: Whisper loooove the colors and the lightness of the figure to match the airiness of nature

"Mia Couto me ganhou, sem esforço, é bom frisar. Em O fio das missangas, Mia passeou pelos vales mais sombrios das almas e desenhou os sentimentos humanos mais conflitantes com uma verdade tão forte, que o leitor sente no arrepiar da pele e na batida ora fraca, ora forte do coração ao navegar por mares de sensações e ideias que raramente ousamos pensar, por serem mares caudalosos, tão cheios de amor quanto de dor, porém que sabemos, no íntimo, que por eles é preciso, é realmente preciso…

"Mia Couto me ganhou, sem esforço, é bom frisar. Em O fio das missangas, Mia passeou pelos vales mais sombrios das almas e desenhou os sentimentos humanos mais conflitantes com uma verdade tão forte, que o leitor sente no arrepiar da pele e na batida ora fraca, ora forte do coração ao navegar por mares de sensações e ideias que raramente ousamos pensar, por serem mares caudalosos, tão cheios de amor quanto de dor, porém que sabemos, no íntimo, que por eles é preciso, é realmente preciso…

Davis Ayer- Photograph

Davis Ayer- Photograph

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Search