Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Sexta Para, De Sexta e outros!

Mula Sem Cabeça - A mulher que tiver um caso com um padre se transforma na mula-sem-cabeça. Trata-se se uma mula negra, sem cabeça, que solta fogo pelas ventas, e se transforma toda noite de sexta para sábado. Seus cascos são de ferro, e seu galope é violento. Ás vezes, dizem que soluça como uma criatura humana. Saiba mais acessando o link da imagem.

Tezcatlipoca- Deus Asteca, senhor do fogo e da morte--é um dos três grandes deuses da mitologia asteca: é o deus do céu noturno, da lua e das estrelas; senhor do fogo e da morte. Uma das figuras mais temidas do panteão asteca, criador do mundo, vigilante das consciências. Ás vezes é representado como um jaguar e carrega no peito um espelho através do qual podia ver toda a humanidade.

Quais são os principais deuses da mitologia indígena brasileira?

O Saci é o guardião da cura e do veneno que a floresta esconde, sua mente é um santuário e está cheio de fórmulas e encantos, enquanto que seu coração está inundado pelos sentimentos de ódio e vingança. O Saci é um ser místico que quer invadir a Terra e criar uma guerra contra os humanos por tê-lo expulsado e enviado de volta ao Mundo das Lendas. Seu plano é trazer criaturas lendárias como Corpo Seco e Mapinguari para o nosso mundo e criar um verdadeiro caos. Ele sabe onde encontrar seus…

deuses-indios

Boitatá | É difícil encontrar boas imagens do Boitatá. Nessa aqui eu gostei de tudo, mas o detalhes que mais me cativaram foi o Boitatá andando sobre as águas e ele ser feito com fogo azul. Acho que uma criatura como ele combina bem mais com foto azul.

O saci-pererê é representado por um menino negro que tem apenas uma perna. Sempre com seu cachimbo e com um gorro vermelho que lhe dá poderes mágicos. Vive aprontando travessuras e se diverte muito com isso. Adora espantar cavalos, queimar comida e acordar pessoas com gargalhadas.

Mula Sem Cabeça A mulher que tiver um caso com um padre se transforma na mula-sem-cabeça. Trata-se se uma mula negra, sem cabeça, que solta fogo pelas ventas, e se transforma toda noite de sexta para sábado. Seus cascos são de ferro, e seu galope é violento. Ás vezes, dizem que soluça como uma criatura humana. Para desencantá-la, é preciso tirar-lhe sangue, ainda que com um alfinete, ou tirar-lhe o arreio de ferro, e ela parará de se transformar, contanto que quem a desencantou não mude de…