Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Deus Asteca, Mitologia Asteca e outros!

Mixcóatl é o deus mexica das tempestades e da caça. O nome Mixcōātl em náuatle significa 'Serpente nuvem' (mix- 'nuvem' + cōā-tl'serpente'). Os antigos mexicanos criam que a Via Látea era uma representação de Mixcoātl existe outra classe de Mixcoatl chamado Iztac Mixcoatl um velho deus celeste parecido com Ometéotl.O deus asteca Mixcoatl, no códice Telleriano-Remensis

Huitzilopochtli: era o deus da guerra e do Estado Asteca. Era o deus padroeiro da cidade de Tenochtitlán

Ehecatl é o deus dovento na mitologia asteca e em outras culturas da Mesoamérica. Usualmente é interpretado como uma das manifestações de Quetzalcóatl, a serpente emplumada, tomando o nome de Ehécatl-Quetzalcoatl, representando o aspecto tenebroso deste deus. É um dos deuses principais da criação e heroi cultural nas mitologias de criação do mundo.

Mishkoatl (Mixcoatl) - inicialmente em chichimecas Mishkoatl deus da caça e respeitava-o como um veado. Mais tarde, quando os astecas estava associada ao culto de Uittsilopochtli e Quetzalcoatl . Mishkoatl era filho de Siuakoatl e pai de Shochiketsal . Ele matou Itspapalotl . Representando-o com uma lança na mão.

Xochipilli: Deus de flores, amor, jogos, beleza, música e dança.

Itzpapalotl Na mitologia asteca Itzpapalotl (De itzli"obsidiana" e papalotl" mariposa", já que suas asas tinha navalhas de obsidiana) era uma terrível deusa asteca com aparência de esqueleto, que governava sobre o mundo do paraíso de Tomoachan. Comanda as Tzitzimine e é esposa de Mixcoatl.

Camaxtli era o deus da caça, da guerra, da esperança e do fogo (que havia inventado). Foi um dos quatro deuses criadores da terra. Os Chichimecas o consideravam seu deus tribal

Pedra do Sol: representação do deus Tonatiuh

Tlaloc é o deus da chuva, o senhor do raio, do trovão, do relâmpago, senhor do inferno (Tlalocan). Assim como Quetzalcoalt, Tlaloc era um deus de Teotihuacan, que foi incorporado pelos Toltecas quando conquistaram essa cidade.Tlaloc era uma divindade central ao culto agrário.