Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Rompimento Das, Das Barragens e outros!

Bombeiros identificam sexta vítima do rompimento das barragens CHRISTOPHE SIMON/AFP

Bombeiros identificam sexta vítima do rompimento das barragens CHRISTOPHE SIMON/AFP

"Segundo a bióloga da Fiocruz Márcia Chame o aumento dos casos suspeitos de febre amarela em Minas Gerais pode estar relacionado à tragédia de Mariana quando 55 milhões de m de lama vazaram da barragem de Fundão após seu rompimento em novembro de 2015." Eu tinha lido no sábado e esquecido de divulgar. E é daquelas notícias que a gente precisa acompanhar. Para a bióloga ouvida pelo jornal OEstado de S. Paulo a possível relação entre os dois fatos ocorre uma vez que grande parte das cidades…

"Segundo a bióloga da Fiocruz Márcia Chame o aumento dos casos suspeitos de febre amarela em Minas Gerais pode estar relacionado à tragédia de Mariana quando 55 milhões de m de lama vazaram da barragem de Fundão após seu rompimento em novembro de 2015." Eu tinha lido no sábado e esquecido de divulgar. E é daquelas notícias que a gente precisa acompanhar. Para a bióloga ouvida pelo jornal OEstado de S. Paulo a possível relação entre os dois fatos ocorre uma vez que grande parte das cidades…

O rompimento da barragem de Fundão, em 5 de novembro passado, foi apenas o ponto de partida da maior tragédia ambiental do Brasil. Quase um ano após 40 bilhões de litros de lama matarem 19 pessoas e se espalharem por 650 km, o rejeito de minério não removido pela mineradora Samarco pode agravar o desastre.

O rompimento da barragem de Fundão, em 5 de novembro passado, foi apenas o ponto de partida da maior tragédia ambiental do Brasil. Quase um ano após 40 bilhões de litros de lama matarem 19 pessoas e se espalharem por 650 km, o rejeito de minério não removido pela mineradora Samarco pode agravar o desastre.

media

media

Passado, presente e futuro perdidos em Mariana. O dia 5 de novembro marca um ano da maior tragédia ambiental do Brasil, que ocorreu com o rompimento...

Passado, presente e futuro perdidos em Mariana. O dia 5 de novembro marca um ano da maior tragédia ambiental do Brasil, que ocorreu com o rompimento...

MPF denuncia 21 pessoas por homicídio doloso em tragédia de Mariana

MPF denuncia 21 pessoas por homicídio doloso em tragédia de Mariana

Candidatos à prefeitura de Mariana ignoram tragédia em propostas - VEJA.com

Candidatos à prefeitura de Mariana ignoram tragédia em propostas - VEJA.com

Pregopontocom Tudo: RIO DE LAMA - O filme em Realidade Virtual de Tadeu Jungle retrata os sobreviventes da maior tragédia ambiental do Brasil o rompimento da barragem da Samarco em Mariana, MG.

Pregopontocom Tudo: RIO DE LAMA - O filme em Realidade Virtual de Tadeu Jungle retrata os sobreviventes da maior tragédia ambiental do Brasil o rompimento da barragem da Samarco em Mariana, MG.

Com estilos diferentes, documentários ouvem vítimas da tragédia de Mariana

Com estilos diferentes, documentários ouvem vítimas da tragédia de Mariana

BLOG ÁLVARO NEVES "O ETERNO APRENDIZ" : BOMBEIROS JÁ RESGATARAM 500 VÍTIMAS DO ROMPIMENTO ...

BLOG ÁLVARO NEVES "O ETERNO APRENDIZ" : BOMBEIROS JÁ RESGATARAM 500 VÍTIMAS DO ROMPIMENTO ...

Galileu – JAN 2016 – Rio de Lama – Percorremos Mariana e a bacia do Rio Doce um mês após a maior tragédia ambiental do país para contar como o rompimento da barragem, que liberou milhões de metros cúbicos de rejeitos da mineradora Samarco, afetou a vidas das pessoas. http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2015/11/e-oficial-o-rio-doce-esta-completamente-morto.html

Galileu – JAN 2016 – Rio de Lama – Percorremos Mariana e a bacia do Rio Doce um mês após a maior tragédia ambiental do país para contar como o rompimento da barragem, que liberou milhões de metros cúbicos de rejeitos da mineradora Samarco, afetou a vidas das pessoas. http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2015/11/e-oficial-o-rio-doce-esta-completamente-morto.html

Galileu – JAN 2016 – Rio de Lama – Percorremos Mariana e a bacia do Rio Doce um mês após a maior tragédia ambiental do país para contar como o rompimento da barragem, que liberou milhões de metros cúbicos de rejeitos da mineradora Samarco, afetou a vidas das pessoas. http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2015/11/e-oficial-o-rio-doce-esta-completamente-morto.html

Galileu – JAN 2016 – Rio de Lama – Percorremos Mariana e a bacia do Rio Doce um mês após a maior tragédia ambiental do país para contar como o rompimento da barragem, que liberou milhões de metros cúbicos de rejeitos da mineradora Samarco, afetou a vidas das pessoas. http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2015/11/e-oficial-o-rio-doce-esta-completamente-morto.html