Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Animais Por, Animais Não e outros!

Um frigorífico especializado em abater coelhos no interior de São Paulo pretende matar pelo menos 700 animais por dia no início de 2016. Isso são cerca de 21 mil coelhos abatidos por mês, apenas para a carne ser vendida em mercados e restaurantes. O pior com fins muito lucrativos,cada vez mais criadores e impressionante como pode ter pessoas que compram esses animais. Não podemos permitir que isso aconteça! "A criação de coelho é ótimo negócio porque ela requer pouco investimento…

funny serious look of disapproval disapproving chicken

Com a mudança de local do Pronto Socorro do Juscelino Kubitschek, sugiro a criação de um hospital veterinário no local, em Contagem (MG), para aproveitar a estrutura. O número de animais é alto na cidade, principalmente os que são abandonados na rua e os que precisam de atendimento veterinário de qualidade, essencialmente um trabalho voltado para castração. Todos sabem que o atendimento de um veterinário e os medicamentos de uso animal são caros , e muitas pessoas não têm condições…

How to Become Mr. or Ms. Mother Hen – Day 14

Galinha sedosa (moroseta)

Sob a perspectiva legal, o CFMV também entendeu que a prática é inconstitucional, pois uma IN MAPA) diz que é inadequado arrastar, acuar, excitar, maltratar, espancar, agredir ou erguer animais pelas patas, chifres, pelos ou cauda. O CFMV segue dizendo que mesmo quando não há lesão física, há um dose de stress psicológico tão alta que isso por si só já é cruel o suficiente. A vaquejada também bate de frente com a Lei nº 9605/98 (Crimes Ambientais).

Muito fofooooooo

Crivella propõe criação de Estatuto dos Animais

O abaixo-assinado chegou a mais de 12 mil assinaturas, que contribuíram MUITO tanto para expor a realidade dos equinos quanto para reivindicar uma lei que os protejam. No dia 08/01/16 foi aprovada a Lei 7.194/16, de autoria do deputado Dionisio Lins PP e sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão. Está proibido no estado do Rio de Janeiro, o uso de cavalos e jumentos no fretamento de carroças e charretes nos grandes centros para o transporte de cargas, materiais ou pessoas. A exceção…