Explora Os Primeiros, Produzidos e outros!

Explorar tópicos relacionados

Grande Cuvée 1531 de Aimery: para celebrar os primeiros espumantes produzidos. E não é Champagne. Quer saber onde ele foi produzido? Veja: em http://www.sobrevinhoseafins.com.br/2015/01/grande-cuvee-1531-de-aimery.html

Grande Cuvée 1531 de Aimery: para celebrar os primeiros espumantes produzidos. E não é Champagne. Quer saber onde ele foi produzido? Veja: em http://www.sobrevinhoseafins.com.br/2015/01/grande-cuvee-1531-de-aimery.html

Espumantes portugueses para fazer o primeiro brinde de 2017.!!! Muitas das nossas sugestões foram consideradas as melhores do ano pelo jornalista João Paulo Martins, autor do livro “Vinhos de Portugal 2016”. É o caso do espumante da Real Companhia Velha, com as castas Chardonnay e Pinot Noir, e do Luiz Costa, da região da Bairrada.

Espumantes portugueses para fazer o primeiro brinde de 2017.!!! Muitas das nossas sugestões foram consideradas as melhores do ano pelo jornalista João Paulo Martins, autor do livro “Vinhos de Portugal 2016”. É o caso do espumante da Real Companhia Velha, com as castas Chardonnay e Pinot Noir, e do Luiz Costa, da região da Bairrada.

Um espaço criado para proporcionar o melhor do mundo da beleza misturado com descontração. Tudo isso num ambiente de extremo bom gosto, atendimento de primeira linha, e os melhores profissionais do mercado. Isso sem falar no bar, em cujo cardápio constam os mais seletos deleites: drinques exclusivos, espumantes, vinhos, petiscos e muito mais. #cabeleireiro #estilo #bar

Um espaço criado para proporcionar o melhor do mundo da beleza misturado com descontração. Tudo isso num ambiente de extremo bom gosto, atendimento de primeira linha, e os melhores profissionais do mercado. Isso sem falar no bar, em cujo cardápio constam os mais seletos deleites: drinques exclusivos, espumantes, vinhos, petiscos e muito mais. #cabeleireiro #estilo #bar

Já chegaram ao mercado os espumantes Baga Bairrada. #revistadevinhos

Já chegaram ao mercado os espumantes Baga Bairrada. #revistadevinhos

DOCDUO – primeira linha de espumantes desenvolvida especificamente para eventos

DOCDUO – primeira linha de espumantes desenvolvida especificamente para eventos

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra mundial e graças a sua paixão pelo vinho e a gastronomia retornou a região alguns anos depois e investiu toda sua energia na criação de um grande Champagne: TaittingerEm 1932 Pierre Taittinger comprou o Château de la Marquetterie (Reims, Champagne, França) propriedade com extrema importância na produção de vinhos espumantes. O Château, com adegas de 18 metros de profundidade, foi construído em 1734 por Jacques…

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra mundial e graças a sua paixão pelo vinho e a gastronomia retornou a região alguns anos depois e investiu toda sua energia na criação de um grande Champagne: TaittingerEm 1932 Pierre Taittinger comprou o Château de la Marquetterie (Reims, Champagne, França) propriedade com extrema importância na produção de vinhos espumantes. O Château, com adegas de 18 metros de profundidade, foi construído em 1734 por Jacques…

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra mundial e graças a sua paixão pelo vinho e a gastronomia retornou a região alguns anos depois e investiu toda sua energia na criação de um grande Champagne: TaittingerEm 1932 Pierre Taittinger comprou o Château de la Marquetterie (Reims, Champagne, França) propriedade com extrema importância na produção de vinhos espumantes. O Château, com adegas de 18 metros de profundidade, foi construído em 1734 por Jacques…

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra mundial e graças a sua paixão pelo vinho e a gastronomia retornou a região alguns anos depois e investiu toda sua energia na criação de um grande Champagne: TaittingerEm 1932 Pierre Taittinger comprou o Château de la Marquetterie (Reims, Champagne, França) propriedade com extrema importância na produção de vinhos espumantes. O Château, com adegas de 18 metros de profundidade, foi construído em 1734 por Jacques…

R$ 91,00 - No final do século 19, em 1875 o primeiro imigrante da Famiglia Valduga desembarca no Brasil. Vindos da cidade de Rovereto, ao norte da Itália, cultivaram os primeiros parreirais no coração do que hoje é o Vale dos Vinhedos, dando assim início ao legado de um dos mais renomados nomes da vitivinicultura brasileira

R$ 91,00 - No final do século 19, em 1875 o primeiro imigrante da Famiglia Valduga desembarca no Brasil. Vindos da cidade de Rovereto, ao norte da Itália, cultivaram os primeiros parreirais no coração do que hoje é o Vale dos Vinhedos, dando assim início ao legado de um dos mais renomados nomes da vitivinicultura brasileira

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra…

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra…

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra mundial e graças a sua paixão pelo vinho e a gastronomia retornou a região alguns anos depois e investiu toda sua energia na criação de um grande Champagne: TaittingerEm 1932 Pierre Taittinger comprou o Château de la Marquetterie (Reims, Champagne, França) propriedade com extrema importância na produção de vinhos espumantes. O Château, com adegas de 18 metros de profundidade, foi construído em 1734 por Jacques…

Pierre Taittinger descobriu os vinhedos de Champagne durante a primeira guerra mundial e graças a sua paixão pelo vinho e a gastronomia retornou a região alguns anos depois e investiu toda sua energia na criação de um grande Champagne: TaittingerEm 1932 Pierre Taittinger comprou o Château de la Marquetterie (Reims, Champagne, França) propriedade com extrema importância na produção de vinhos espumantes. O Château, com adegas de 18 metros de profundidade, foi construído em 1734 por Jacques…

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Search