Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Ele Realmente, Nada Em e outros!

"Quando se estava com ele, realmente sentia-se que Deus estava dentro dele. Ele era pessoa surpreendente, uma espécie sobre-humana, mas ele tratava-o sempre como um igual. Ele seria o seu amigo e ele nunca pediria nada em troca. Eu sei que as pessoas olhavam para Michael e pensavam que ele era estranho, mas para mim, ele era fascinante. Ele foi a pessoa mais inspiradora na minha vida.---P1

"Quando fizemos a conferência de imprensa em Londres, foi a maior conferência de imprensa para anunciar um projeto de entretenimento ao vivo que eu já vi. Ele estava tão nervoso, e realmente preocupado sobre o que ele estava iniciando e como as pessoas reagiriam a ele depois de tantos anos. E quando ele ouviu o barulho da multidão e começou a subir os degraus, depois dessa fase, ele se tornou "Michael Jackson" novamente quando ele entrou e tomou o microfone na mão. --P1

"Quando eu cheguei para aquele ensaio e eu vi de perto a maneira Michael dançava, comecei a duvidar de mim... o que eu estava fazendo, na verdade, não era dançar. Eu tentei compreender sobre o porquê de se estar dançando a dança. Por que dançarinos que, por exemplo, fazer apenas o movimento do corpo - o que é belo - mas não é realmente dançar. São movimentos isolados no ritmo e a dança está se perdendo. A dança é o sentimento que você tem e quando eu comecei a ensaiar com Michael Jackson…

"Eu realmente não acho que este mundo estava pronto para o tipo de pessoa foi Michael. Você sabe o que eu estou dizendo? Ele era o amor. Isso é tudo o que conhecia. Ele amava as crianças, porque as crianças são inocentes, elas não estão contaminadas, elas não julgam você, não querem nada de você. E é por isso que ele se sentiu confortável estando em torno das crianças. " Stephanie Mills

Eu realmente não acho que este mundo estava pronto para o tipo de pessoa que foi Michael. Você sabe o que eu estou dizendo? Ele era o amor. E isso é tudo o que ele conhecia. Ele amava as crianças, porque as crianças são inocentes, elas não estão contaminadas, elas não julgam você, não querem nada de você. E é por isso que ele sempre se sentiu confortável estando em torno das crianças. " -Stephanie Mills- trabalhou com Michael

"Acima de tudo, Michael era uma pessoa muito humanitária. Ele tinha muito amor no seu coração. Ele preocupava-se com todos, especialmente as pessoas na rua. Ele não era convencido, ele não tinha ego algum e ele tentou oferecer o seu tempo a todos, porque ele não queria ferir os sentimentos de ninguém. Se ele pensasse que havia feito algo errado, ele realmente ficava muito incomodado.Ele tinha mais amor do que qualquer um que eu conheça. ... Acima de tudo, Michael era amor."--- Miko Brando

“Moonwalk revela tanto da própria verdade de Michael, mas têm que ler nas entrelinhas para realmente compreenderem como ele era. Devo dizer, no entanto, que ele tinha duas personalidades. Fora do palco ele era tímido, suave e inocente. Mas, mas quando ele tomava o palco em frente aos seus fãs aos gritos, passava a outra personalidade; um mestre; um showman totalmente libertado. Para ele era matar ou morrer.” --- Berry Gordy sobre a auto biografia que Michael escreveu, Moonwalk, de 1987

"Michael está usando as minhas joias de prata e anéis. Ele realmente não queria usar esse material, mas um de seus diretores favoritos Vince Patterson, o levou a fazê-lo para o papel. Michael riu." -- Michael Bush

Bubbles, le singe de Michael Jackson

"É a combinação de movimentos que realmente lhe dá destaque como artista. Gira...pára...eleva a perna...abre o casaco...vira...fica imóvel. E o deslizamento em que ele anda para a frente mas vai para trás...Faz uma pirueta tripla e termina com um salto na ponta dos pés. É uma marca registrada, que poucos profissionais de ponta se arriscariam a fazer... Se alguma coisa sai errado você pode magoar-se e muito!" --- Coreógrafo profissional - não citado o nome