Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Fernando Pesoa, Pessoa Fernando e outros!

Fernando Pessoa (Lisboa, 1888-id., 1935)

Fernando Pesoa "Être poète n'est pas une ambition que j'aie, c'est ma manière à moi d'être seul." Le Gardeur de troupeaux et autres poèmes

Casa del Poeta Tragico: Cudni covek Fernando Pesoa i njegova neobicna 72 prijatelja

Fernando Pessoa http://pensador.uol.com.br/autor/fernando_pessoa/biografia/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Pessoa

Dia a dia mudamos para quem Amanhã não veremos. Hora a hora Nosso diverso e sucessivo alguém Desce uma vasta escadaria agora. E uma multidão que desce, sem Que um saiba de outros. Vejo-os meus e fora. (...) São um múltiplo mesmo que se ignora. (...) Sinto-os a todos dentro em mim mover-me, E, inúmero, prolixo, vou descendo Até passar por todos e perder-me. Fernando Pessoa 22-9-1933 Novas Poesias Inéditas. Fernando Pessoa. Lisboa: Ática, 1973

Charles Baudelaire Photographie de Charles Neyt

fuckyeahpainting: Lynette Yiadom-Boakye

Félix Vallotton, L'homme poignardé, 1916