Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Sair, Voltar e outros!

Tenciono amor, voltar para as noites diferentes, onde o céu descia azul escuro. Estrelas falarão comigo. Sentarei num banco vazio e lhe escreverei poemas de amor. As flores com seus perfumes pueris, não conhecem nada que não seja delicado. Então nessa hora, lembrarei-me de nunca mais sair desse jardim nem dessas noites, para não conhecer nada que também não seja delicado. Só um rito de passagem. Nada mais. www.rosejd.blogspot.com.br

NOITE Leia no Blog: www.rosejd.blogspot.com.br

Amanhecer Leia no Blog: www.rosejd.blogspot.com.br

SOTURNO Leia no Blog: www.rosejd.blogspot.com.br

CENAS VERDES No fim de tarde Um vento sedutor Agita as palmeiras E as copas das arvores Enquanto o céu desce Para a noite chegar, Bruma de meus pensamentos; Cenas verdes. www.rosejd.blogspot.com.br Foto: Rose Dias

CAMINHEIRO Se, ao menos a voz Tivesse ressonância Para outras vozes. O destino de cada um Não faz eco Sempre solitário. O coração alheio Caminheiro de sol e estrelas Tem pés sem chão. www.rosejd.blogspot.com.br

TRANSGRESSÃO Dentro da noite Enquanto o silêncio dorme Olhos arregalados percebem O Barulho de gatos no cio Os latidos de cães solitários. Um fluxo de energia Desperta o sono Uma lâmpada acesa Recusa o escuro Transgressão da mente. Não há sentimentos Não há cansaço Não há o que houver Só estagnação de um corpo; Escravo de noites insones. www.rosejd.blogspot.com.br

LUAR Leia no Blog: www.rosejd.blogspot.com.br

BANHO DE RIO www.rosejd.blogspot.com.br

ROAD Conseguir chegar De volta ao começo Tijolos no chão Casa na cabeça, Reconstruir-se. Road/ Road/ Road Todo dia, caracol Querer sempre; A primeira estrela da manhã. ROSE DIAS www.rosejd.blogspot.com.br EDA n 542.496 B.Nac.