Explora Deus Mas, Não Faz e outros!

Explorar tópicos relacionados

Doença e cura II | Amós Boiadeiro Falando agora especificamente da cura, o Primeiro Testamento não faz restrições à prática da medicina. Isaías a emprega para curar Ezequias (IIRs 20.7), como também a administração de alguns remédios é por ele recomendada, mas a prática da magia ligada à idolatria é nitidamente proscrita em todas as suas páginas, porque elas contaminam não somente a relação com Deus, mas também a própria medicina. Antes de tudo, é a Deus que se deve recorrer,

O conceito de autoridade na Bíblia pode ser considerado no mínimo ambíguo. Paulo quando escreve aos romanos, diz: Todos devem sujeitar-se às Autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas (Rm 13.1). Este é um texto que tem um peso significativo, pois foi endereçado à igreja que ficava no centro do poder de um dos impérios mais cruéis e desumanos que humanidade já conheceu. E é também um texto que se torna…

A barca da Igreja | Amós Boiadeiro Muito sugestivo aquele comentário do Papa Bento XVI de que Deus estava dormindo, enquanto a barca da Igreja sacolejava e parecia que ia adernar. Alguém maldosamente pode perguntar: Mas Deus dorme? Não. Se o universo parar para dormir será o caos. Imagine um elétron dizendo para o resto da turma do átomo: é hora de dormir.

Por que é importante participar da Missa , sobretudo no Domingo? 1️⃣ Um cristão católico participa na Santa Missa ao domingo ou na sua Véspera (As celebrações a partir da tarde de sábado já tem a mesma validade das do Domingo). Neste dia, ele deixa de lado todos os trabalhos que o impedem de adorar a Deus e de viver este dia nas suas dimensões de festa, alegria, descanso e restabelecimento. Sendo o domingo uma festa pascal de freqüência semanal, os cristãos, desde os primeiros tempos…

09c53b389ba1b1fdb99d2d334bfd3a22.jpg

A Bíblia é um enorme campo de batalha. Nós vivemos num estado de guerra permanente, mas não declarado. Para o cristão, crescer, agir ou simplesmente ser representa brigar com muitos adversários. Não anunciamos publicamente que estamos lutando, mas estamos. Não somente não anunciamos que estamos lutando, muito menos que vale a pena lutar. Talvez porque nem nós saibamos as razões da luta, mas é certo que estamos lutando. O silêncio da igreja indica que sabemos como avançar, como Deus está…

A grande ocupação de Deus em se mostrar diferentes dos ídolos pagãos parece que não tem surtido efeito nos dias de hoje. No panteon dos deuses antigos exaltavam-se aqueles que, inversamente ao Deus de Israel, mostravam-se mais parecido com os homens. Mas Deus, quando se revela a Abraão, toma de imediato medidas que fariam toda diferença no seu relacionamento com os humanos: ele se apresenta sem imagem, sem efígie ou símbolo, não exige que se construa templos em seu nome. Por outro lado…

É justamente dessa escuridão que precisamos ser livres. Esta é a grande guerra de libertação do evangelho. É exatamente isso que a Bíblia chama de salvação. Como eu sou infeliz, gritou Paulo. Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte? (Rm 7.24) É esse o grito no coração de cada ser humano. É esse o grito do mundo e de cada nação desse mundo. É nessa guerra e não na outra que nós carecemos tanto da armadura de Deus. Temos que usar a verdade como cinturão. Para nós existe uma…

Mas existe uma outra guerra que também lutamos todos os dias e essa guerra não é contra sangue e carne. No versículo 12 do nosso texto Paulo diz que nós não estamos lutando contra seres humanos. Então contra quem lutamos? O que é pior do que a luta pela sobrevivência? O que pode ser mais graves do que os perigos desse mundo? As forças espirituais do mal, os governos, as autoridades do universo nessa época de escuridão, diz-nos Paulo. Mais para frente ele vai falar das armadilhas do Diabo. As…

Este é um ditado de Eurípedes, poeta grego que viveu no século V antes de Cristo, porém, estas palavras ficaram imortalizadas pelo apóstolo Paulo, na conversa que teve com Festo e com rei Agripa. Curiosamente Paulo não as usa como mera citação, mas as coloca na boca de Deus, no momento crucial da sua experiência no caminho de Damasco. Logicamente que ele não ouviu de Deus estas palavras, mas foi a melhor maneira que encontrou para comunicar às pessoas que são profundamente influenciadas pelo…

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Search