Pinterest • O catálogo mundial de ideias

Explora Quatro Homens, Os Quatro e outros!

Dinamite não explodiu e, logo em seguida, houve troca de tiros entre os bandidos e a Brigada Militar

“Conheça o Departamento de Desideologização de Material Didático da nossa editora” por Paulo Candido, no Diário Catarinense – Bom dia, professor, aqui é Luíza, do Departamento de Deside…

Jornal GGN - Em artigo para o Justificando, a advogada, mestra em Direitos Humanos, Gabriela Cunha Ferraz, diz que a secretária de Políticas para as Mulheres, Fátima Pelaes, comete crime, previsto no

Geraldo Alckmin deu à Fatec (Faculdade de Tecnologia de São Paulo) Ipiranga o nome do pastor Enéas Tognini. Fundador da Igreja Batista do Povo (IBP), Tognini foi um dos líderes do movimento de “avivamento espiritual” que deu origem à Convenção Batista Nacional (CBN), tornando-se presidente da entidade posteriormente. Ficou famoso pelo apoio irrestrito ao regime militar. Uma matéria da Istoé de junho de 2011 conta o seguinte: Em novembro de 1963, quatro meses antes de o marechal Humberto…

Para Carlos Sampaio, corrupção de R$ 19 bilhões não é prioridade | CartaCampinas

Réu na Lava-Jato, Cunha recebe visita de delegados da PF para pedir apoio

Réu na Lava-Jato, Cunha recebe visita de delegados da PF para pedir apoio - Jornal O Globo

Todo mundo que tem vergonha na cara sabe que a corrupção não tem partido e que o PT está pagando sozinho uma dívida que é de todos os partidos. Afinal, políticos de todos os partidos vêm sendo denunciados por empresários picaretas que corrompem o Estado há décadas, subornando Executivo, Legislativo

É perceptível que há algo de muito estranho acontecendo no mundo jornalistico-político de Brasília. Desde que o jornal Folha de S. Paulo noticiou que a empreiteira Odebrecht pagou caixa dois para José Serra (PSDB-SP) em contas secretas na Suíça, um silêncio ensurdecedor toma de contas nas redaçõe

Geraldo Alckmin aumenta tarifas de pedágio nas estradas de todo o Estado

Multinacionais obrigam trabalhadores a usar fralda e vetam banheiro

Para dar mais velocidade à linha produtiva, multinacionais de diferentes ramos obrigam seus funcionários a usar fralda geriátrica, proibindo-os de ir ao banheiro. Em pleno século XXI, casos como esses seguem se repetindo.